top of page
Buscar
  • Foto do escritorOniom Solar

Cliente Oniom economiza cerca de R$ 450 mensais na conta de luz

Atualizado: 24 de mar. de 2022

O Sistema Solar Fotovoltaico instalado na residência do casal Ronaldo Giovanelli e Lilia Santiago, moradores de um condomínio em Paulínia, conta com seis painéis solares que são responsáveis por economia de cerca de R$ 450 mensais na conta de luz.

Projeto de Sistema Solar Fotovoltaico Residencial da Oniom Solar - Condomínio em Paulínia - Proprietário, Ronaldo Giovanelli economiza cerca de R$ 450 na conta de luz


De acordo com o Ibope Inteligência 2019, 93% da população brasileira alegou ter interesse em gerar energia renovável em casa. Para Ronaldo Koloszuk, presidente do Conselho de Administração da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), a procura por energias renováveis é impulsionada pela necessidade de qualidade de vida e redução nos custos com eletricidade.



Áudio do engenheiro responsável, João Rodrigo Faria


“As fontes renováveis são limpas, não degradam tanto o meio ambiente, são econômicas e tendem a ser populares. É por isso que muitas pessoas estão interessadas em tê-las em casa. E essa demanda está se tornando cada vez mais forte”, revela.


Considerada a mais popular entre as fontes renováveis, a energia solar se destaca por ser obtida a partir do calor do sol, ou seja, é uma fonte inesgotável. Neste modelo, a energia da radiação solar armazenada em células fotovoltaicas nos painéis é convertida em energia elétrica para uso doméstico (energia solar fotovoltaica) ou transformada em energia térmica para aquecer água e acionar refrigeração (energia solar térmica). O sistema pode ser instalado em telhados, fachadas de edifícios e terrenos ociosos para produzir energia para o autoconsumo e para qualquer necessidade doméstica.


O sistema solar fotovoltaico atrai consumidores por gerar eletricidade de modo silencioso, sem emitir gases poluentes ao seu redor, e por provocar reduções significativas nas despesas com eletricidade.


“Nas contas das famílias e das empresas, a redução pode chegar a mais de 95% com o sistema fotovoltaico. Uma moradia que gera, normalmente, uma conta de luz de R$ 500 pode passar a pagar cerca de R$ 50. Uma redução parecida é esperada nas faturas de R$ 1.000”, explica Koloszuk.

17 visualizações0 comentário
bottom of page