top of page
Buscar
  • Foto do escritorOniom Solar

Alta do diesel deixa conta de energia mais cara

As contas de luz dos brasileiros deverão ficar mais caras com a alta do diesel.


A Petrobras anunciou no dia 10 de março, no Rio de Janeiro, reajustes de preços de venda de gasolina e diesel para as distribuidoras após 57 dias sem aumento. O preço médio de venda da gasolina da Petrobras para as distribuidoras passará de R$ 3,25 para R$ 3,86 por litro.


“Considerando a mistura obrigatória de 27% de etanol anidro e 73% de gasolina A para a composição da gasolina comercializada nos postos, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor passará de R$ 2,37, em média, para R$ 2,81 a cada litro vendido na bomba. Uma variação de R$ 0,44 por litro”, informou o comunicado da empresa.


Para o diesel, o preço médio de venda da Petrobras para as distribuidoras subirá de R$ 3,61 para R$ 4,51 por litro. “Considerando a mistura obrigatória de 10% de biodiesel e 90% de diesel A para a composição do diesel comercializado nos postos, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor passará de R$ 3,25, em média, para R$ 4,06 a cada litro vendido na bomba. Uma variação de R$ 0,81 por litro”, diz a nota.


O efeito da alta dos combustíveis não vai se restringir às bombas dos postos de gasolina ou às prateleiras dos supermercados, inflacionadas com o custo do transporte. A conta de luz também vai subir.

O governo e órgãos do setor elétrico ainda fazem as contas, uma equação complicada em função da volatilidade diária que domina os preços dentro e fora do Brasil, mas o fato é que o preço do óleo diesel subiu, e esse repasse é inevitável para bancar as operações de usinas térmicas movidas pelo combustível.


Segundo dados da ABGD (Associação Brasileira de Geração Distribuída), os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais são responsáveis por 35,6% da geração de energia solar no país, sendo grande parte dela por meio da micro e minigeração de energia.


O Sudeste brasileiro é a região com maior potencial de geração distribuída, termo dado à energia elétrica gerada no local de consumo ou próximo a ele.


BENEFÍCIOS


Além da economia na conta de luz, locais com painéis solares estão livres em relação aos aumentos abusivos no preço da energia por parte das concessionárias.

Outro ponto é a sustentabilidade, uma vez que esta é uma energia limpa e renovável.

Há também a possibilidade da geração e venda de créditos de energia para outros usuários.


Além de valorizar o imóvel onde são instalados, os painéis solares que a Sel's Brasil utiliza geram 95% de energia por até 25 anos. Ou seja, os benefícios são garantidos por muito tempo.

3 visualizações0 comentário
bottom of page